As intenções das meninas, orientadas pelas superioras, giravam em torno de Monsenhor João Clá, pela cura, pela entrega total a ele, pela escravidão que todas queriam, para que pudessem ser inteiramente dele e trocar de mentes com ele. Ele é o modelo de santidade pra todas. É o modelo de vida, modelo de opinião, de crítica, ou seja, tudo é baseado nele, nas opiniões dele, nos pensamentos dele. E o que se pode perceber nas intenções é a falta do nome de Jesus. A figura de Jesus é substituída pela figura de Monsenhor, porque o modelo de vida e de santidade não é Jesus, é Monsenhor. O modelo a ser seguido é Monsenhor. Outro ponto muito forte também é que se reza pela total destruição de todos os inimigos dos Arautos, ou seja, dos inimigos de João Cla.

Vocês podem perceber que a Bagarre é algo tão pedido lá dentro que eles não pedem, por exemplo, pela conversão dos pecadores, pra que as pessoas se voltem para Jesus, para que as pessoas se convertam… Não! Eles rezam pelo castigo. Porque acreditam que aqueles que não estão conectados, que não seguem Monsenhor têm de ser castigados. Então eles rezam pelo castigo, eles rezam pela Bagarre.

Porque não rezam pelas pessoas que estão perdidas? Que não conhecem Jesus? No caso, eles só querem o castigo e que Monsenhor triunfe o quanto antes. Essa é a mentalidade de todos os membros dos Arautos do Evangelho, que tem o mínimo de vivência lá dentro.