RESPEITO – ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Após vários meses observando o comportamento de seus filhos e de outros jovens, que ainda integram os Arautos do Evangelho, e de jovens que já abandonaram essa entidade, pode-se perceber que não se trata de uma relação respeitosa, que valoriza a condição mental íntegra, permitindo à criança, ao adolescente ou ao jovem que lá se encontra fazer escolhas baseadas em julgamento acurado e desimpedido.
Chama a atenção o fato de que TODAS as crianças que ingressam nessa entidade tem vocação religiosa. Recebem hábito quando criança, afastam-se da família… E a criança passa a acreditar nessa “vocação”. Como isso seria possível? Mais provável que os Arautos do Evangelho, através da manipulação, “desenvolvem” a crença da vocação religiosa nessas crianças. Vejamos:
– Dificultam os encontros dos filhos com seus pais, irmãos e demais familiares, invocando desde doenças inexistentes, compromissos de última hora etc, induzindo a criança a acreditar que se ela mantiver relacionamento com a família e com o mundo externo, estará a trair a sua decisão de seguir os votos religiosos.
Importante destacar que o direito fundamental à convivência familiar, respaldado no artigo 227 da Constituição Federal e assegurado pelo ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), valoriza as relações afetivas da família, vez que, é na família que a criança encontra refúgio e apoio. É no meio familiar que a personalidade da criança se estrutura.
– Matérias do ensino fundamental e ensino médio são baseadas em textos de Plínio Corrêa, extraídos de seus livros. São excluídas leituras de escritores como Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade, José de Alencar, Oswald de Andrade, Clarice Lispector, Guimarães Rosa, Luís Vaz de Camões, Fernando Pessoa, entre outros, cobrados em vestibular, além de retirar a oportunidade de os alunos conhecerem a riqueza literária que há nessas obras. Aqueles que são mandados de volta pra casa ficam perdidos e em crise diante de um conteúdo que nunca viram, além de não entenderem porque de repente deixaram de ter a tal “vocação”. É preciso lembrar que os contextos respeitadores da dignidade são mais includentes e abertos às diferenças, menos patrulhadores, menos padronizadores, menos opressores.
É inaceitável qualquer ato que viole ou contrarie o direito à liberdade, o respeito e a dignidade das crianças e dos adolescentes, garantidos pelo ECA. O art. 17 dispõe que o direito ao respeito será garantido se observada a inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, ideias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.
Portanto, o direito ao respeito compreende a preservação da integridade física e psíquica, que possui especial relevância tendo em vista a condição peculiar de pessoa em desenvolvimento, não representando a mera não agressão, além da integridade moral, entendida como a preservação dos valores morais da criança e do adolescente.

Rosiley Piva

6 respostas em “RESPEITO – ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

  1. É verdade. Para falar com minha filha pelo telefone era um custo. Agora, comigo em casa, me revelou que não era bem vista a criança apegada aos pais. Ela conta que a família é chamada de F. Como assim??Se entristece por ter jogado papéis da infância fora. Também lembra que rasgou a carta da irmã quando a encarregada lhe entregou. Quanto mais desapegado do passado e dos pais e mais apegado ao João Cla, mais vocação. Ela sempre pensava que aos 18 anos poderia voltar e dar as costas para o “mundo”, como se lá fosse o céu. Hoje, por graça de Deus, encontrou a verdadeira vocação. A liberdade de buscar a santidade enfrentando os desafios do mundo.

    Curtir

  2. É lamentável, revoltante e extremamente triste o que fazem, principalmente com a saúde mental daquelas crianças… Digo isso, porque acompanhei de perto a minha sobrinha quando os seus pais a tiraram de lá, tendo em vista os vídeos que vazaram na internet (graças a Deus). Nessa época ela já estava com 17anos. Foi pra lá aos 12 anos.
    Vendo o estado que ela ficou, totalmente desequilibrada e agressiva, pude ver com clareza o mal que os AE fazem àquelas crianças.
    Hoje ela está lá novamente 😖😖, pois seus pais não conseguiram desprogramá-la, devido ao alto grau de comprometimento de sua mente naquela terrível lavagem cerebral. Assim que completou 18 anos ela retornou, infelizmente.
    Agora, só nos resta aguardar o resultado da investigação do Vaticano e tentar alertar outros pais, para que o que passamos e ainda estamos passando não aconteça em outras famílias!

    Curtir

  3. Por isso preferem que entrem crianças, fazem projetos nas escolas chamado futuro e vida. Para programarem da maneira deles, fazendo a criança perder toda sua personalidade. Viram uns robôs !! Essas crianças viram um futuro sem vida, infelizmente tudo vai acontecendo gradativante …e quando suas famílias acordam, já é tarde ! Tornaram-se jovens infelizes, perdidos e com dificuldades de adaptar-se à sociedade novamente …

    Curtir

  4. Em fevereiro 2019, os superiores gerais das congregações religiosas de todo mundo publicaram uma declaração : nunca mais abusos de poder!
    Pedem perdão às vitimas pelo proprios fracassos, expressam o desejo de “inclinar a cabeça” pela vergonha dos abusos que tem sido cometidos dentro de suas congregações… e denunciar todo abuso de poder”.
    Mais, se propõe pedir ” a ajuda dos pais (de família) em nossa luta contra os abusos” e destacam, em particular, o papel das mães: é justo afirmar que se se pediam uma opinião às mulheres e uma ajuda na evaluação dos casos, se faria uma ação mais fortes, mais rápida e mais eficaz”.
    “O abuso de criança é um mal em qualquer tempo e lugar: esse ponto não é negociável”
    ” O modo com o qual hemos tratado as acusações teria sido diferente e muito sofrimento se teria evitado às vitimas e suas famílias”.
    o Papa Francisco “ataca, justamente, a cultura do clericalismo, que colocou obstáculos em nossa luta contra os abusos”…
    Eis a diferença entre verdadeiras Congregações religiosas e pseudo “monges, guerreiros e exorcistas”….
    noticia completa em espagnol
    https://www.lastampa.it/2019/02/19/vaticaninsider/el-mea-culpa-de-los-religiosos-de-todo-el-mundo-nunca-ms-abusos-de-poder-tn1cs5VMmcfDPZ1mJ9JIvI/pagina.html

    Curtir

  5. É triste ver como essas crianças são prejudicadas , se tornam adultos psicologicamente abalados, quando deixam de ser “vocacionados” por decisão alheia, vêm para o mundo totalmente despreparados, pois não sabem interagir com pessoas em sociedade.

    Curtir

  6. Onde estão as famílias dessas crianças e jovens? O que pensam? Não é possível que uma hora não reparem o que está acontecendo!!! É certo que tudo é muito bem articulado, porém o coração de Mãe não se engana, desde o início não fui com cara daquele João Clã, até pensei que estava sendo egoísta e ciumenta em não aceitar meu filho ir embora tão cedo de casa diante de uma vocação repentina, pois era assim que eu já precentia o que poderia acontecer, prova concreta era ver como viviam os outros membros adultos que morriam de trabalhar, correndo pra cima e pra baixo, o ano inteiro, levando e buscando as crianças em vários lugares, sem se alimentarem, dormindo muito pouco e até doentes. Me perguntava, quando eles vão em casa? Não queria isso pro meu filho, nem perdê-lo de vista, mas a dúvida e o temor a Deus é que me impedia de tomar a decisão de afastá-lo, sem contar com a insistência dos Arautos. Mas como nada fica obscuro, veio à tona os vídeos que comprovaram a idolatria à João Clã a sua persuasão sobre todos eles, até mesmo os padres, aqueles que proferiam as perfeitas é inteligentes homilias das missas tão bonitas e agradáveis. Ainda assim me deixei enganar mais uma vez, mas não durou muito, um certo dia, depois de muito pedir a Deus uma luz, Ele mandou alguém me perguntar o que eu pensava sobre os Arautos e descobri que como eu existiam várias pessoas, e ligando todos os pensamentos e fatos, não tive mais dúvidas, e assim perdi o receio que ainda tinha e tomei a decisão correta!!! E vc o que pensa sobre os Arautos, ou melhor, o que vc pressente??? Vc vai entregar seu filho pra aquele homem que se diz o PAPITO de todo o seu exército de trabalhadores e adoradores formado por nossos filhos??? Além de nós pais o nosso pai celestial é NOSSO SENHOR JESUS CRISTO E não uma pessoa que se intitula a esse tão sagrado cargo, usando da Igreja e de Nossa Senhora pra enganar as pessoas e raptar nossos filhos!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s