No último dia de missão, quando teve aquela belíssima coroação em nossa Paróquia com os Arautos do Evangelho, Emanuel ficou deslumbrado e disse já sei o que quero ser mamãe, quero ser cavaleiro de Nossa Senhora, como ele já tinha amor e devoção a Ela o bichinho foi atrás deles perguntando como podia entrar , lembro-me como se fosse hoje , ele passou o meu telefone para um deles, mas eles não ligaram. Um mês depois, uma mãe que já tinha o filho lá o ajudou a entrar e o resto dá história vocês já sabem, mas graças a Deus e a Nossa Senhora as vendas dos meus olhos caíram e a verdade apareceu e pude resgatar meu filho a tempo, no primeiro momento fiquei igual a você achando que estava sendo egoísta com ele e atrapalhando os planos de Deus na vida do meu filho, mas Nossa Senhora com ternura de mãe tem me mostrado a cada dia que fiz a coisa certa. Meu filho pediu a ela que eu o tirasse e ela o atendeu. E como disse o padre que conversei, não posso me calar diante a verdade, hoje eu conheço a verdade e não posso me omitir, calar diante dela, depois que tudo que ouvi de varias mães e dá boca do meu próprio filho não posso ficar calada , tenho que fazer algo para tentar ajudar essas crianças que como Emanuel rezam para seus familiares os tirarem de lá.
Que Nossa Senhora nos cubra com seu Manto nessa batalha e São Miguel arcanjo combata conosco.

Mãe de ex Arauto.